Blog Jessica Meneses

Como ter uma identidade da marca profunda e consistente?

identidade-da-marca

A identidade da marca é o que torna grandes organizações reconhecíveis por uma cor ou um ícone. Mais do que criar um nome intenso e um logotipo criativo, estamos falando em gerar um cosmos para sua marca que seja relatável e único. 

O primeiro passo é certamente criar um nome e um logotipo para sua organização, que você já pode ter. Caso contrário, você pode usar estes dois guias que já criamos para ajudá-lo a criar um nome para sua organização ou criar um logotipo. 

Vamos nos concentrar em outros aspectos aos quais você pode não ter prestado atenção, mas que também são muito importantes no processo de branding.

Identidade visual

O logotipo faz parte da identidade visual. Entretanto, é apenas um elemento em um ecossistema de recursos que ajuda a garantir a coerência de qualquer comunicação visual. Existem 3 recursos principais que compõem a identidade visual.

 Vamos olhar para eles abaixo!

Cores

As cores permitem que sua identidade seja mais do que uma simples frase de engate. Eles são os que têm a capacidade de se integrar em cada comunicação de sua organização e ajudá-la a atingir seus objetivos.

Você provavelmente já ouviu falar em psicologia da cor, portanto sabe que cada cor transmite uma iniciativa específica e evoca sentimentos particulares. Portanto, ao escolher as cores corporativas, é importante voltar aos atributos de sua marca. Que cores ajudarão a comunicar estes atributos?

É importante lembrar que este não é apenas um processo de seleção, mas também um processo de manutenção. O roxo não foi associado ao Nubank e o laranja ao Itaú durante a noite. Estamos falando de um processo de repetição e atenção aos detalhes.

Eis um grande exemplo: toda vez que você for ao Instagram do Nubank, ele se parecerá exatamente com este, todo roxo. É uma forma de reforçar uma identidade fintech que mantém este mundo de cores na mente de seu público.

Ícones, símbolos e ilustrações

O logotipo é sem dúvida a marca mais reconhecível, mas existem outros ativos que apoiam a identidade. Estamos falando aqui mais sobre como eles são feitos do que sobre símbolos ou ícones específicos.

No Rock, por exemplo, é trabalhado muito a  ilustrações. Eles são uma forma de ajudar a construir uma identidade que apoie nossa identidade corporativa.

Nossas próprias ilustrações, especialmente as do nosso blog, se concentram em mostrar pessoas reais. Uma das técnicas que usamos para conseguir isso é aplicar grãos nas imagens para dar-lhes textura e torná-las mais humanas. É isso que impulsiona esta parte de nossa identidade.

Para sua organização, poderiam ser figuras geométricas, mais arredondadas ou quadradas, símbolos colocados por seu público ou qualquer outra coisa. A chave é criar estes recursos para ajudá-lo a ter uma identidade visual ainda mais coesa que comunique estrategicamente sua marca em todos os pontos de contato.

Tipografia

Serif ou sans serif? Maiúsculas ou minúsculas? Quando  trabalhamos  com design, é comum estas perguntas para criar diretrizes de tipografia de marca. Assim como as cores, detalhes como estes são cruciais para a comunicação de sua mensagem.

Em geral, as marcas têm fontes primárias e secundárias. As fontes primárias são geralmente as fontes escolhidas para os logotipos e são mais familiares – quem não reconhece instantaneamente as letras da Coca-Cola?

No entanto, estas não são as únicas fontes. Fontes secundárias, ou de apoio, são aquelas utilizadas em outras comunicações, tais como cargos nas mídias sociais e campanhas de marketing.

Você consegue imaginar um post da Coca-Cola no Instagram escrito inteiramente na fonte primária? É difícil, não é? É por isso que usamos uma fonte de apoio como esta:

Lema

Uma marca não vive apenas de processos visuais, e nós conhecemos muito bem o poder das palavras. Algumas marcas são rapidamente lembradas porque se assemelham a seu slogan. “Aqui quem manda é o cliente”, “Surpreendendo você”,  são apenas alguns exemplos.

Slogans são apenas escolhidos para que ajudem as marcas, quando o logotipo não conseguem se comunicarem adequadamente. Em muitos casos, eles também são usados como assinaturas de campanha.

Alguns slogans estão associados a organizações por um longo período de tempo. Em Outros casos existe a necessidade de mudar com o tempo para se adaptarem a estratégia da marca no momento da necessidade da organização.

Tom e voz

Todos os elementos que discutimos até agora contribuem para criar uma forte identidade para sua marca. Entretanto, há ainda um ponto-chave que falta na forma como as marcas se comunicam: uma voz.

Volte-se para seus atributos de marca e olhe para sua persona. Como você pode transmitir estes pontos sobre sua organização de uma maneira que sua pessoa, com os desafios e gostos que você já conhece, vai ouvir? 

Se um dos atributos de sua marca é ser educacional, sua voz deve ser didática e acessível. Entretanto, se sua marca for objetiva, sua linguagem pode não ser robusta e refinada. Esta estrutura, desenvolvida pela Coschedule, ajuda você a entender como ordenar sua voz:

Também é essencial considerar as diferenças entre o tom e a voz. Sua voz não muda porque ela está intrinsecamente ligada aos atributos de sua marca e à base de sua organização.

O tom, por outro lado, mudará constantemente porque é assim que você adapta sua voz a diferentes audiências e canais.

Este processo de construção de identidade precisa ecoar em cada elemento de sua marca.

Sua alimentação Instagram precisa gritar esta identidade, seu website precisa se comunicar de forma eficaz e consistente, sua loja física precisa ter sotaques decorativos que sejam quase perfeitos para sua marca.

A consistência é um dos elementos mais difíceis da gestão de marcas, mas que produz resultados inigualáveis.

Gerenciando sua marca e suas partes interessadas

Para uma marca como a sua, que já tem alguns recursos básicos planejados e estruturados, o próximo passo é garantir que eles funcionem e sejam mantidos.

Este é um dos maiores desafios para a maioria das marcas, sejam elas gigantes ou não. Este mapa da equipe de participantes nos dá uma visão geral de tudo o que uma marca precisa considerar.

Há muitas pessoas, indivíduos e instituições envolvidas na mudança, mas cada uma delas é radicalmente relevante. Perder o foco em qualquer um deles pode ser fatal, especialmente no cenário competitivo em que vivemos. Então, como nos protegemos de todos esses elementos?

O primeiro passo é desenhar um mapa. Não se trata apenas de ter um mapa na parede, mas de colocar no papel, ou no Excel, todos os públicos com os quais sua marca entra em contato, quer esse contato seja grande ou pequeno.

Quem são seus clientes, como são seus seguidores de mídia social, quem são seus funcionários? Ao identificá-los e compreendê-los, você pode desenvolver táticas para atingir seus objetivos com todos eles.

É importante lembrar que todos interagem com sua marca de uma maneira completamente diferente e, portanto, a percebem de maneira diferente.

Imagine que você tem um grande produto, que todos os seus clientes amam sua marca e que eles só tiveram boas experiências com ela.

Por outro lado, sua empresa pode ter falhado muitas vezes nos processos de recrutamento e sua reputação como um local de trabalho pode não ser a melhor.

Você não pode supor que as mesmas táticas que você usa com os consumidores funcionarão com eles. É por isso que você precisa trabalhar todos os dias para manter a percepção das partes interessadas que cercam o ecossistema de sua marca.

Eles determinam sua reputação e o futuro de seu negócio. A gestão de marcas também se refere à gestão da saúde financeira de seu negócio.

Como você deve ter notado, desenvolver e manter as táticas corretas de marca é fundamental para as empresas que querem se tornar líderes de mercado. Por esta razão, o processo está longe de ser simples.

Quando refletimos sobre as maiores empresas em cena hoje, descobrimos que todas elas subiram ao topo através de sua iniciativa única, oferecendo experiências sensacionais e a arte de comunicá-las.

Essa é a grande diferença entre uma sapataria e a Nike, entre uma marca de bebidas e a Coca-Cola, entre plataformas de streaming e a Netflix.

Cada um deles oferece grandes produtos, mas é a força de suas marcas que os torna imbatíveis e faz com que seus clientes tenham mais probabilidade de comprar deles do que da concorrência.

De agora em diante, você tem as ferramentas para construir sua marca da melhor maneira possível, transformar sua marca e dominar ainda mais o mercado e seus clientes.

Que tal aplicar os conceitos de gerenciamento de marca à sua marca e transformar seus clientes mais importantes em consumidores apaixonados por seus produtos?

Veja também: O que é o Branding como funciona?

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.